// Dia 28 de Abril | Sábado
Palco Anfiteatro
22:00H | | O Power Trio de Cristiano Pinho | Música

Cristiano Pinho é um dos mais talentosos, criativos e versáteis guitarristas do Brasil. Natural de Viçosa do Ceará, Cristiano Pinho começou a tocar com 12 anos de idade. Graduou-se em Música na Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Em 1988 estudou Harmonia e Improvisação na Escola Ian Guest de Aperfeiçoamento Musical, no Rio de Janeiro. De lá para cá o talento do músico ganhou reconhecimento nacional por enriquecer os discos e shows de cantores e compositores como Raimundo Fagner, Kátia Freitas, Fausto Nilo, Amelhinha, Ednardo, Dominguinhos, Oswaldinho, entre outros.
Multiinstrumentista, compositor, arranjador e produtor musical, Cristiano lançou em 1997 seu primeiro álbum instrumental solo, o elogiado "Pessoa". Desde então participou de inúmeros festivais de música instrumental, entre eles o Projeto Quarta da Cultura no Centro (CDL), o Festival BNB da Música Instrumental e o Festival Música na Ibiapaba, neste último sendo convidado também como professor. Cristiano Pinho participou também do
Festival de Jazz e Blues de Guaramiranga ao lado de nomes como João Donato, Leny Andrade, Leo Gandelman, André Christovam,
Lina Nyberg (Suécia) e Kenny Brown (EUA).
Cristiano Pinho integra a coletânea de música instrumental brasileira, intitulada "Brazilian Nigths", ao lado de Torquato Mariano, Vitor Biglione e Rildo Hora, lançada apenas nos Estados Unidos pela gravadora Vison. A revista Guitar Player publicou matéria especial com o guitarrista em fevereiro de 2004. Cristiano é o responsável pela trilha sonora do filme "O Amor Não Acaba às 15:30", do cineasta Marcus Moura, e foi produtor e arranjador da
música "Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores " (Geraldo Vandré), em versão gravada pelo cantor Fagner para integrar a trilha sonora da novela Cidadão Brasileiro, exibida pela TV Record.
Em abril de 2004 Cristiano tocou como músico convidado com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob a regência do maestro Roberto Minczuk, na Sala São Paulo. Desde 1997 integra a banda do cantor e compositor Raimundo Fagner em suas turnês pelo Brasil e exterior, nas gravações de seus CDs e DVDs e em suas apresentações em programas de TV. Em 2008, foi responsável pela direção musical de seu álbum intitulado "Fortaleza", lançado pela gravadora Som Livre. 
Cristiano Pinho lançou seu em 2010 seu segundo álbum solo de música instrumental, intitulado "Cortejo", através do selo independente Ellemento, criado por ele e pela cantora Kátia Freitas para dinamizar suas produções. 
Em 2012, Cristiano foi vencedor, na categoria Música Cantada, do festival da Rádio Universitária da Fortaleza, tendo sido indicado para participar do festival nacional de música da ARPUB.
Em 2013, o artista conquistou a primeira colocação no IV Festival Nacional de Música da Associação das Rádios Públicas Brasileiras (ARPUB), com a canção "Relógio do Mundo", que, assim como outras 20 ganhadoras de festivais locais de outros Estados brasileiros, foi veiculada em rádios públicas de todo o Brasil para avaliação de júris técnico e popular.
Atualmente, Cristiano está no processo de finalização de seu novo disco "Infinito" e prepara o show "O Power Trio de Cristiano Pinho", evidenciando a influência do rock n ?roll em seu trabalho autoral e experimentando releituras de clássicos da música nordestina, brasileira e universal.