// Dia 29 de Abril | Domingo
Arena Dragão do Mar
18:00H | | Claviculário - Lançamento do Livro de Anna K Lima | Literatura

O livros Claviculário, primeiro livro solo da Escritora Cearense Anna K Lima, Publicado pela editora Aliás. Aliás. Um selo editorial formado por mulheres - de diferentes origens e saberes - que surgiu no mundo para produzir livros artesanais, zines e novos suportes para as literaturas. Aliás é a reunião de nove mulheres inspiradas e dispostas a criar novos suportes para textos e imagens literárias. Partindo da artesania e da produção de zines, nós
publicamos contos, crônicas, cartas, receitas, poesias e narrativas do cotidiano escritas exclusivamente por mulheres. São elas, as escritoras e as artistas, que nos inspiram, que movem nossos mundos, que desbravam horizontes perto de nossos olhos. Mulheres que encontraram expressões e potências na palavra escrita, sentida e falada. Partindo da artesania e da produção de fanzines, o selo editorial vai publicar contos, crônicas, poesias e
narrativas do cotidiano escritas exclusivamente por mulheres. O selo tem base em Fortaleza, Ceará, mas faz intercâmbio com Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro. Fazem parte do selo editorial a escritora Anna K Lima, a analista de mídias sociais Mariana Amorim, a administradora Ingrid Saraiva, a jornalista Isabel Costa, a ilustradora Jéssica Gabrielle Lima, a designer Dávila Pontes, a fotógrafa Bruna Sombra, a cineasta Taciana Oliveira e a
produtora Taís Bichara. Todas têm formações e áreas de atuação distintas. Com as potencialidades e saberes unidos, as nove mulheres resolveram entrar nessa empreitada. O intuito é produzir livros artesanais - escritos por mulheres cis ou trans - em pequenas tiragens. Diferentes técnicas e materiais serão utilizados para a confecção dos livros: costuras, sobreposição de papéis, aquarelas, colorações à mão, xilogravuras, carimbos. A
proposta do Aliás é agregar produzir livros travestidos em objetos estéticos. Cheias de pulsão, as integrantes estão em fase de conclusão da primeira obra do selo, que terá os detalhes divulgados em breve. A escolhida para a estreia é Nina Rizzi. Tradutora, escritora e poeta, ela já lançou livros e participou de antologias literárias. Agora, Nina, que é natural de São Paulo, embarca nessa aventura literária com outras nove mulheres. Além do trabalho de confecção de objetos literários, o Aliás objetiva realizar encontros, saraus, debates, exibições, conversas e diversas ações em equipamentos públicos e particulares. O selo editorial funcionará não apenas como um publicador, mas, sim, como um centro de pulsão e propulsão de movimentos literários.