// Dia 27 de Abril | Sexta-Feira
Palco Draga Dragão
22:00H | | Selvagens à Procura de Lei | Música

A banda Selvagens à Procura de Lei foi formada em 2009 em Fortaleza, Ceará, e toca rock com bastante influência da música nacional dos anos 80, de
bandas como Legião Urbana; e do rock indie dos anos 2000, como The Strokes e Arctic Monkeys.
Formada por Rafael Martins (vocal e guitarra), Gabriel Aragão (vocal, guitarra e teclado), Caio Evangelista (vocal e baixo) e Nicholas Magalhães (vocal e
guitarra), a Selvagens lançou três EPs no início da carreira: "Talvez eu Seja Mesmo Calado, mas Eu sei Exatamente o que eu Quero", de 2010; "Suas
Mentiras Modernas", também de 2010; e "Lado C", de 2011. Depois dos EPs, investiu esforços para gravar álbuns de estúdio, e, até o momento, foram
lançados três. O primeiro deles é "Aprendendo a Mentir", de 2011; seguido pelo homônimo "Selvagens à Procura de Lei", de 2013; e o mais recente, "Praieiro", de 2016. 
O single "Tarde Livre", pertencente ao último álbum, foi eleito como o melhor de 2016 pelos leitores da revista Rolling Stone Brasil, o que lhe rendeu visibilidade nacional. Em 2017 se dedicou à turnê de "Praieiro", com mais de cem shows em todo o país, além do primeiro em Buenos Aires, na Argentina - na ocasião, gravaram o videoclipe da música "Gostar Só Dela", recém-lançada.
Em março de 2018 se apresentou no festival Lollapalooza - trata-se da segunda apresentação da banda neste que é um dos maiores festivais do país;
a primeiro foi em 2014 -, e teve o show bastante elogiado pela imprensa. Tony Aiex, editor do blog Tenho Mais Discos Que Amigos, escreveu: "O grupo tem um arsenal de grandes canções e uma performance ao vivo das mais interessantes"; João Paulo Carvalho, repórter do jornal O Estado de S.Paulo, 
destacou as referências: "Assistir à performance da banda cearense Selvagens à Procura de Lei é o equivalente a fazer um mergulho na história do gênero em terras brasileiras"; Rodolfo Vicentini, repórter do UOL, tem a Selvagens como uma aposta: "Sem muita frescura e com paulada a todo momento, o Selvagens mostrou que não é o destaque do novo rock nacional há tanto tempo à toa".