MALOCA DRAGÃO CELEBRA O PODER TRANSFORMADOR DA ARTE CEARENSE

 

 

O Ceará é o estado das artes e a Maloca Dragão é a celebração dessa potência criativa. A cena artística cearense tem se destacado por sua diversidade e capacidade de romper padrões estéticos estabelecidos. Fazemos cinema, dança, teatro e música de vanguarda e outras linguagens. A 3 graus abaixo da linha do Equador, as poéticas são outras. Rodamos festivais arrebatando prêmios e emocionando multidões. Nossos atores rompem estereótipos na televisão e nossos escritores estão entre os mais lidos e comentados do país.


A arte tem sido também a linguagem que os jovens cearenses encontraram para enfrentar e inventar um outro mundo. Nas culturas que nascem nas ruas, como o skate, o hip hop e o grafite, vemos como o som, a palavra, o corpo e a imagem continuam sendo grandes armas de transformação de realidades.


A Maloca Dragão é a celebração desse conjunto de experiências que tanto dizem sobre o Ceará.  Somos múltiplos: abertos, festeiros, receptivos, mas também guerreiros, conscientes e resistentes.
Como uma grande tribo, vamos juntos nessa Maloca 2018 fazer aquilo que acreditamos: amar e mudar as coisas.


Durante seis dias, o festival apresenta mais de 150 atrações de música, dança, teatro, circo, cultura popular, além de exposições, feira de gastronomia, design e moda, intervenções de arte urbana, lançamentos literários e sessões de cinema, debates e rodadas de negócios entre artistas e players de diferentes países. Neste ano, a Maloca Dragão tem como tema "As barricadas abriram caminho: 50 anos de maio de 68" e convida a todos para uma reflexão sobre esse momento histórico e os seus desdobramentos nos dias de hoje.


O Governo do Ceará também está lançando na Maloca 2018 o Maloca Futuro, uma rede de escolas criativas que vai abrir as portas do mundo da economia criativa para mais de 50 mil jovens cearenses! 

 

De 24 a 29 de abril, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e Praia de Iracema. Vem pra Maloca!