Maloca 2018 tem plano especial de segurança, limpeza e mobilidade, envolvendo mais de 1000 agentes
Fruto de parceria entre Dragão e órgãos do Governo e Prefeitura, ?Maloca da Paz? contará com sistema de videomonitoramento e inclui ações relativas a controle do tráfego e bloqueio de vias, intensificação da oferta de transporte coletivo, reforço do efeti

 

        A Maloca Dragão se consolidou no calendário cultural da cidade e chega à sua 5ª edição como o maior festival de artes do Brasil com programação totalmente gratuita. Com um público de 400.000 pessoas circulantes no festival, no ano passado, a organização se prepara para receber até meio milhão de pessoas em 2018. Para garantir a mobilidade e a segurança dos seus frequentadores, a Maloca Dragão contará com uma das mais articuladas operações integradas entre órgãos competentes do Governo do Estado do Ceará e da Prefeitura Municipal de Fortaleza. Neste ano, serão mais de 1000 agentes envolvidos na operação Maloca da Paz. A grande novidade desta edição será um sistema de videomonitoramento que cobrirá toda a área de programação.

 

        As ações preveem, entre outros pontos, reforço policial militar e civil em todo o perímetro de programação, ordenamento e fiscalização do comércio ambulante, interdição de ruas e controle do tráfego, limpeza diária com coleta seletiva de resíduos recicláveis, além de reparos de iluminação e calçamento. O festival terá ainda o suporte de bombeiros civis, do Conselho Tutelar, de um Posto Médico Avançado, ambulância e tenda de redução de danos.

 

Segurança

        Com o apoio de quatro torres de observação, o perímetro de segurança foi traçado para cobrir os mais de 20 espaços de programação do festival. A Maloca investiu em tecnologia para auxiliar na segurança do público, um sistema de videomonitoramento e observação que contará com 26 câmeras de observação com alcance de 3 km, além de um centro de comando e um drone. Esta central servirá de base para os agentes de segurança.

 

        A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) organizou um plano operacional de segurança para reforçar o policiamento no entorno do Centro Dragão do Mar, especialmente no perído de 26 a 29 de abril, quando o fluxo de público será maior, em virtude do maior número de apresentações artísticas. Ao todo, a Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) irá alocar 420 policiais militares, incluindo equipes do Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE), Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), Batalhão de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e Regimento de Polícia Montada (RPMont), distribuídos entre os últimos quatro dias do festival. As ações policiais serão realizadas a pé, em motocicletas, viaturas e a cavalo. 

 

        A Polícia Civil, por sua vez, dará o suporte com duas equipes, num total de 12 policiais civis e duas viaturas. O atendimento será estendido ao 34º Distrito Policial, delegacia plantonista. O Corpo de Bombeiros destacará 24 profissionais e disponibilizará 4 viaturas, para eventuais casos combate a incêndios e prestação de primeiros socorros. A Guarda Municipal também participa da Ação Maloca da Paz com 64 agentes e 2 viaturas fazendo a ronda na região. A Maloca também contará com um efetivo total de 664 agentes de segurança privada, entre 26 e 29 de abril.

 


Mobilidade

        Para facilitar o acesso do público ao festival, a Prefeitura de Fortaleza definiu uma operação especial de trânsito e transporte. Um efetivo diário de 30 agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), distribuído em quatro turnos, estará envolvido na operação, cujo início está previsto para o meio-dia da quinta-feira (30). A primeira ação será coibir o estacionamento irregular nas principais vias do entorno e efetuar o disciplinamento do tráfego.

 

Bloqueios dos seguintes trechos, a partir das 18h:

- Rua José Avelino entre as ruas Boris e Senador Almino

- Rua Dragão do Mar entre as ruas Almirante Tamandaré e Senador Almino

- Rua dos Tabajaras entre as ruas Historiador Guarino Alves e Almirante Tamandaré

- Rua Almirante Tamandaré entre a Av. Pessoa Anta e Rua dos Tabajaras

- Pista esquerda da Rua Almirante Jaceguai, entre a Av. Pres. Castelo Branco (Leste-Oeste) e Rua José Avelino

Na oportunidade, o efetivo de trânsito auxiliará na travessia de pedestres no entorno, principalmente, na Av. Pessoa Anta com a Av. Almirante Tamandaré, garantindo um ir e vir mais seguro.

 

Fechamento permanente dos seguintes trechos:

 - Pista esquerda da Rua Almirante Jaceguai  entre Av. Pres. Castelo Branco e Rua José avelino;

- Rua José Avelino entre Rua Boris e Rua Almirante Jaceguai;

- Rua Dragão do Mar  entre Rua Almirante Jaceguai e av. Almirante Tamandaré;

 

Coibição de estacionamento:

 - Av. Almirante Jaceguai entre as ruas José Avelino e Pessoa Anta;

 

        Para evitar congestionamentos e a dificuldade para estacionar, é importante que a população dê preferência ao uso dos serviços de transporte coletivo e táxis. Para chegar ao festival, a população poderá contar com 26 linhas de ônibus que alimentam a região do Centro Dragão do Mar e Arte e Cultura. Será disponibilizado um total de 2.130 veículos na quinta e na sexta-feira, 1.448 veículos no sábado e  959 veículos no domingo. A Etufor disponibilizará 36 carros reservas, sendo em média 10 veículos ao dia das 18h do dia 26 de abril 2018 (quinta-feira) às 04h do dia 29 de abril (domingo).

 

        Vale lembrar que no domingo (29), o usuário poderá dispor da "Tarifa Social", com valor diferenciado nas linhas do Sistema de Transporte Coletivo de Fortaleza, por R$ 2,80 a inteira e R$ 1,20 a meia.

 

Linhas de ônibus que servem a região:

011 | Circular I
012 | Circular II
013 | Aguanambi I
014 | Aguanambi II
016 | Cuca Barra/Papicu
017 | Inter Shoppings
051 | Grande Circular I
052 | Grande Circular II
054 | Corujão/Praia do Futuro/Caça e Pesça
055 | Corujão/ Grande Circular I
056 | Corujão/ Grande Circular II
071 | Antônio Bezerra/Mucuripe
073 | Siqueira/Praia de Iracema
077 | Parangaba/Mucuripe
078 | Siqueira/Mucuripe
092 | Ant Bezerra/Papicu/Praia de Iracema
096 | Cj Ceará/Barão de Studart
120 | Vila do Mar/Náutico/Ant Bezerra I
130 | Vila do Mar/Náutico/Ant Bezerra II
711 | Barra do Ceará/Cais do Porto
752 | Caça e Pesca/Centro
903 | Varjota
905 | Meireles/Centro
906 | Caça e Pesca/Serviluz/Centro
907 | Castelo Encantado/Centro
909 | Praia do Futuro/Caça e Pesça/Beira Mar

 

        Durante a Maloca Dragão, quatro viaturas da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) farão o controle do tráfego no entorno do Centro Dragão do Mar. Para facilitar a circulação segura do público, serão feitos bloqueios nas vias públicas que atravessam os espaços da Maloca.

 

        Terão interdições permanentes, de 25 de abril a 30 de abril: a via esquerda da Rua Almirante Jaceguai, no trecho entre a Avenida Monsenhor Tabosa e a Rua José Avelino; a Rua Dragão do Mar, no cruzamento com a Rua Senador Almino; e a Rua José Avelino, no trecho entre a Rua Boris e a Rua Senador Almino.

 

         De 26 e 29 de abril, também haverá interdições temporárias: a Rua Almirante Jaceguai por completo (da Monsenhor Tabosa à Pessoa Anta), das 18h à 3h da manhã; a Rua Almirante Tamandaré (da Pessoa Anta à Rua dos Tabajaras), nos dois sentidos, das 18h às 3h da manhã; e a Rua dos Tabajaras, no trecho entre a Rua dos Tremembés e Rua Almirante Tamandaré, também das 18h às 3h da manhã. Nesses dias, a Rua Tremembés terá o sentido invertido para desviar o fluxo de veículos que virão pela Rua dos Tabajaras, no sentido Aterrinho/ Poço da Draga.

 

 

Ocupação das vias

         A atuação do comércio ambulante na região do festival terá fiscalização e ordenamento coordenados por fiscais da Secretaria Regional do Centro de Fortaleza (Sercefor) e Agefis (Agencia de Fiscalização). Foram cadastrados 50 ambulantes, que atuarão divididos entre as ruas Dragão do Mar e Almirante Tamandaré. Atuarão na fiscalização e ordenamento desse comércio 34 auxiliares de fiscalização, 5 fiscais e 2 coordenadores, de 26 a 29 de abril. O cadastro dos ambulantes garante a venda de produtos em condições de higiene próprias ao consumo e coíbe o uso de recipientes de vidro.

 

 

Limpeza e iluminação

        A Operação Maloca da Paz envolve ainda ações da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos, por meio da (Sercefor) com varrição, capinagem, coleta em geral e reparo de calçamentos e iluminação pública nas vias do festival. Equipes de limpeza atuarão a cada dia antes e depois da maratona de atrações. Além disso, um grupo de 32 pessoas por dia do projeto Nós Ambiente Comunidade, do Poço da Draga, fará a coleta e destinação de resíduos sólidos para a reciclagem.

 

  

Outras ações

        A Operação Maloca da Paz terá o apoio do Conselho Tutelar, com quatro conselheiros e dois educadores por dia, de quinta a domingo. Um Posto Médico Avançado, localizado na Praça Almirante Saldanha, contará com 15 pessoas entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de uma ambulância para remoção nos casos graves.

 

        O festival contará ainda com uma tenda para redução de danos, que dará orientação sobre as consequências negativas do uso excessivo do álcool e outras drogas. Desenvolvido e executado pelo Coletivo Rede Cuca e o Balance Ceará, a ideia é conscientizar sobre os cuidados com o próprio corpo, a partir de abordagens informais, durante a Maloca. Esses grupos realizam trabalho de redução de danos desde 2011 em grandes eventos no Ceará, em Pernambuco, no Rio Grande do Norte e na Bahia.