// Programação
DIA 25 DIA 26 DIA 27 DIA 28 DIA 29 DIA 30
Maloca Dragão e o papel transformador da cultura
Festival é momento de celebração e afirmação cultural do Ceará

A Maloca Dragão chega à quarta edição celebrando o aniversário do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura que, no dia 28 de abril de 2017, completa 18 anos de democratização do acesso à arte e à cultura. De 25 a 30 de abril, o maior festival de artes do Ceará festeja a efervescência da produção artística cearense com cerca de 130 atrações em uma mostra de lançamentos e estreias em diversas linguagens artísticas, além de atrações nacionais e internacionais. 

O Governo do Ceará apresenta um festival democrático, aberto, múltiplo e gratuito de empoderamento e afirmação cultural partindo do reconhecimento do papel transformador da cultura. A Maloca tem se firmado como o ponto alto dos esforços de uma inédita política cultural que busca mobilizar os três vetores do desenvolvimento humano e do crescimento urbano com qualidade de vida: a confiança social, a economia da cultura e a força cultural e artística como afirmação das múltiplas identidades de um povo.

Entendendo que o poder transformador da cultura passa também pelo ponto de vista econômico, a Maloca Dragão faz a roda da economia da cultura se movimentar!  Em um estado com intensa ocupação e fluxo de atividades culturais, o festival mobiliza mais de mil trabalhadores entre técnicos, produtores, artistas etc. Com programação composta por convidados e, principalmente, por projetos selecionados via chamada pública, a Maloca recebeu inscrição de 703 projetos artísticos e profissionais da produção cultural na edição de 2017. Para a seleção, reflexão e acompanhamento dos projetos, pessoas que são referência no teatro, circo, literatura, música, arte urbana e dança atuam como curadores no festival. 

Ocupando mais de 20 espaços da Praia de Iracema, bairro de tradição e pulsação cultural da cidade, a Maloca transborda e convida para fruição, reconhecimento e empoderamento cultural!