Conheça a Raça Beagle de Cachorro

Cachorro beagle

A alegria de um beagle, diariamente diverte toda a família! Companheiros e aventureiros, eles adoram conhecer o mundo.  O tempo todo seguem o próprio nariz, conseguem encontrar comida facilmente e adora comer. Mas você deve saber que ele tem uma tendência à obesidade.

Portanto, pegue seu beagle regularmente e permita que ele gaste toda a sua energia inesgotável. E não se empolgue com seu olhar atraente e suplicante: os cães desta raça são teimosos e gostam de fazer o que querem, tornando o treinamento extremamente importante e obrigatório.

História

A história completa do beagle é confusa, pois não existem documentos confiáveis ​​sobre sua origem. Acredita-se que estes eram cães de caça que se destacavam por sua velocidade e energia. Seu tamanho pequeno e bom nariz reforçam a idéia de serem criados como caçadores de sucesso e também como exploradores.

De acordo com as informações disponíveis o beagle foi desenvolvido em 1800 e foi criado com base nos cães Talbot, o país do norte e o sul da Inglaterra. Na década de 1860, eles se tornaram “cães americanos”:

A variedade foi importada e “melhorada” nos Estados Unidos, a fim de criar padrões mais uniformes de beleza e temperamento. Logo depois, em 1885, o American Kennel Club (AKC) reconheceu oficialmente esta raça.

Temperamento

Com um focinho lindo que às vezes parece esculpido. Essa raça de cachorro alegre e carinhoso diz muito sobre sua personalidade obediente e empreendedora, que gosta de explorar o mundo, cheirando cheiros em todos os lugares, como se estivesse seguindo seu instinto, ou melhor, seu nariz. E é difícil lidar com milhões de cheiros quando você quer ir de um jeito, e o aroma mais interessante é de outro.

O beagle é independente, comum aos cães de caça. Também pode tornar o aprendizado um grande problema, à medida que a teimosia é adicionada. Mas não desista! Mesmo que sejam obedientes por apenas alguns minutos, você precisa continuar ensinando-os e poder controlá-los, o que reduz a probabilidade de que os móveis e objetos da casa sejam danificados.

No final, toda essa energia e o brilhante perfil da raça são incríveis e surpreenderão seu coração. Os truques diários do beagle vão entretê-lo e demonstrar todo o seu amor e amizades com um tutor.

Cão da raça beagle
Cão da raça beagle

Beagle e as crianças

Grande cão para a família, beagle amoroso e brincalhão com as crianças. Essas características fazem dele um excelente companheiro para crianças que certamente se divertirão com este cachorro.

Estranhos rapidamente fazem amizade com um beagle. Uma pessoa amigável não é apenas para membros da família e recebe todos que vêm à sua casa. Por outro lado, esse recurso coloca sua habilidade de cão de guarda em um nível terrível.

Esta raça é amigável com outros cães e também pode ser com outros animais domésticos, como gatos, desde que seja realizado um trabalho de socialização para garantir a harmonia entre todos e reduzir as chances de problemas ou conflitos.

Características gerais:

  • Origem: Inglaterra e EUA
  • Peso: 9-13,5 kg
  • Altura: 33-38 cm
  • Vida útil: 10-15 anos

Cores da raça

O beagle tem uma ampla variedade de cores e combinações, geralmente incluindo branco, preto e marrom. Alguns recursos: branco; marrom e branco, vermelho e branco, preto e branco, branco e marrom, limão e branco; com manchas de cor de texugo (fios acinzentados e acastanhados), cor de lebre (bege), limão (amarelo pálido, próximo ao creme); e até três cores: preto, marrom e branco e azul, branco e marrom, segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia.

Beagle late muito

Sim! O beagle gosta de ser ouvido, e muitas vezes late, uiva e late. Mas não se desespere: você pode controlar seu desejo de mostrar sua voz através do treinamento, inicie com os treinamentos ainda com seu beagle filhote.

Raça destrutiva?

Apesar desse rosto bonito e olhos grandes, não se engane: o beagle tem um grande potencial de ser destrutivo, sim. São cães muito ativos e enérgicos que precisam de um lugar, além de serem bastante teimosos, o que torna o treinamento um teste sério – mas extremamente necessário e útil.

Além do treinamento intenso, uma boa dica para evitar danos é não deixar o cão sozinho por muito tempo.

Leave a Reply