Contribuição INSS: Saiba como realizar e conheça as novas regras

Da mesma maneira que existe diferentes maneiras de contribuição, também existe diferentes formas de pagar essa contribuição, isso depende sempre de qual grupo você faz parte.

Além disso, o valor também passa a depender de qual porcentagem você deve pagar segundo a tabela do INSS de contribuição em 2020. Veja a tabela completa no site Consulta Meu INSS

1 – Entendendo para quem é a tabela de contribuição do trabalhador

Essa tabela é para quem possui carteira assinada.

O pagamento é feito automaticamente, já que esse valor será descontado direto do salário desse profissional, assim não será necessário se preocupar em como o pagamento será executado.

2 – Entendendo para quem é a tabela de contribuição do contribuinte facultativo e individual

Os dois tipos de contribuição que foram mencionados previamente é preciso que você compre o carnê de pagamento em alguma papelaria que seja referente ao pagamento individual do INSS.

Sendo assim, será preciso preencher completamente a Guia GPS de cada mês com as suas informações requeridas e fazer o pagamento em uma agência qualquer que seja do banco Caixa.

Agora você consegue entender melhor um pouco sobre a tabela de contribuição do INSS em 2020?

Continue no artigo para saber mais informações sobre a tabela INSS 2020.

Novas regras da tabela do INSS de contribuição

Chegou o momento de você conhecer algumas regras novas referente a tabela do INSS de contribuição para o ano de 2020.

Regra para quem optar pela aposentadoria proporcional

  1. Homens: idade mínima de 53 anos de tempo de contribuição e o adicional de 30 anos;
  2. Mulheres: idade mínima de 48 anos de tempo de contribuição e o adicional de 25 anos;
  3. Ambos deverão ter cumprido o tempo de 180 meses trabalhados.

Regra para as aposentadorias com período de 30 e 35 anos de contribuição

  1. Não há idade mínima;
  2. Homens: é obrigatório ter cumprido 35 anos de contribuição;
  3. Mulheres: é obrigatório ter cumprido 30 anos de contribuição;
  4. Necessário ter cumprido 180 meses de trabalho efetivo.

Regra para quem for aposentar com o período de 85 anos e 95 de maneira progressiva

  • Homens: deverá ser somado o tempo de contribuição e a idade e o resultado têm que ser superior ou igual a 95 anos;
  • Mulheres: deverá ser somado a idade com o tempo de contribuição e o resultado tem que ser 85 anos no mínimo;
  • Os dois deverão ter cumprido 180 meses de trabalho efetivo.

Entendeu como funciona a tabela do INSS durante 2020?

Gostou do artigo? Agora que já entendeu como funciona a tabela do INSS 2020, compartilhe e este artigo e ajude a divulgar o nosso blog!

Leave a Reply